sessão 19 de maio 2018



Livro: Burros
Autora:Adelheid Dahimène 
Ilustradora: Heide Stöllinger 
Edição:Mini Orfeu


Hoje ouvimos uma história de amor; um amor profundo entre um burro e uma burra.





Mas, como em todas todas as histórias de amor, por vezes acontecem algumas "burrices" entre os casais



e é aqui que ficámos ansiosos por saber se as coisas se resolvem.



No final, concluímos que apesar das "burrices" que possam surgir ao longo da vida, quem ama compreende e perdoa.





Quem sabe provérbios de burros?


Eu sei. "A pensar morreu um burro".



Também pode ser "Andar de cavalo para burro",



ou "burro velho não aprende línguas".

E se terminássemos a sessão com uma burrice engraçada? Pode ser?







Sem comentários:

Enviar um comentário